quarta-feira, 7 de abril de 2010

Borboletas no coração

Surpresas, incertezas, esperas pelo acaso! Gostaria de ao menos por alguns instantes poder controlar os acontecimentos ao meu redor. Saber previamente quais pessoas farão da minha vida, quais as pessoas que merecem ser amadas por mim, como agir em determinados momentos e etc.
As incertezas estão me deixando com borboletas no cerébro, no estômago, no coração... tensa, agitada, insegura... Queria ter respostas para as minhas perguntas, ou simplesmente esquecer todos os questionamentos e viver intensamente cada momento. Não tenho a pretensão de acertar o tempo todo, só não queria sentir esse nó na garganta que me diz o tempo todo: " tá tudo errado".

Que Seja doce!



**

6 comentários:

angela disse...

Só o tempo e algumas dores depois voê podera ter algumas dessas respostas, por isso siga sua intuição e torça pra ela ser boa.
Torço com você
beijos

Gabriela Castro disse...

As perguntas são o que nos move, e as respostas você terá apenas de um jeito: vivendo!
Beijos

serpai disse...

E un día mas de recorrer blogs interesantes, hoy paso por el tuyo que esta lindo...!!!
Ya me agradaría a mí que, si pasas por el mío, que también se escribe en portugués, te suceda lo mismo...!!!
Pero cualquiera que sea la impresión... siempre habrá una bienvenida para tí!!!

Sergio

Karla Thayse disse...

Que lindo aqui!
Encantada!

Beijoo

ONG ALERTA disse...

Lembra tudo é aprendizado, dias ruins para ter dias melhores, devagar, que no final dá certo, paz.

Bels disse...

Me sinto exatamente assim, adorei suas palavras, estou seguindo.