quarta-feira, 12 de agosto de 2009

"Quem deixou me olhar assim? Não pediu minha permissão..."



O amor me chamou pra um outro lado e eu fui atrás dele. Eu pensei que se eu não fosse, a minha vida inteira ia ser assim... Vida de tristeza, vida de quem quis de corpo e alma e mesmo assim não fez. Daí eu fui. Eu fui e vou, toda vez que o amor me chamar, vocês entendem? Como um cachorrinho, mas coroada como uma rainha.



**

3 comentários:

S* disse...

Eu vou sempre que o amor me chamar. Nao abdico dele.

mnramalho disse...

Que seja Doce:
Sua sabedoria
Sua inteligência
Sua Coragem
Sua Simpatia
Sua dedicação ao novo
Sua bondade ao velho
Sua doçura...

Srta Laís disse...

Ai, brigadaaa... que lindo!