sábado, 20 de fevereiro de 2010

E eu me pergunto se viver não será essa espécie de ciranda de sentimentos que se sucedem e se sucedem e deixam sempre sede no fim."



O meu eu esta em guerra RAZÃO X EMOÇÃO.
O que fazer quando estamos divididos pelo que sentimos e pelo o que devemos de fato fazer? Ouvir o coração, e se deixar enganar vez enquando? Ou peitar a realidade e aguentar as consequências?
Aii cara eu não deveria mais olhar pra você, eu não devia mais falar com você... eu não devia mais sequer pensar em você. Mas é que a cada dia uma parte de mim me trai, trai todas as minhas noções do acredito que deve ser justo, do que sei que é justo... é, pois é " sou um animal sentimental, me apego facilmente ao que desperta meu desejo..."

Tenho perdido muito tempo na tentativa de decifrar esses sentimentos, mas a cada dia a única certeza que fica é que um dia vai passar, talvez não daqui a uma semana ou um mês, em dois quem sabe? Porque o sol nasce todos os dias, e mesmo em dias quentes a chuva molha a terra, e o tempo me conduzirá a novas estradas, com novas pedras no caminho, com outros movimentos, outros passos, novas danças e a pensar; meu Deus, como estou feliz novamente!

Então meu bem, se apresse, corra, grite... diga qualquer coisa... ou então se perderás de mim!

beijos a quem os mereça!
***

Um comentário:

Finotti, Mariana disse...

hahah essa briga entre razão X emoção é fundamental p qq ser humano! kkk

qdo somos racionais demais acabamos nos arrependendo depois, pq com emoção não se brinca (com razão também não)...

Acho q todo mundo tem q encontrar um equilíbrio entre os dois... não ser mmuito racional, se não se priva de muita coisa, e não só emoção pq se não esse mundo seria uma loucura! rsrs
boa semana!