quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Por que o Sol saiu, por que seu dente caiu, por que essa flor se abriu...

A vida é tão engraçada... tem dias q estamos bemmm, tem dias q estamos mal e nem sabemos o pq...

Eu queria conseguir entender muita coisa, mas sempre que penso que aprendi algo... descubro que nada sei, que ainda tenho muito a aprender. Mas sabe? Até prefiro ser assim, pra não cair na pretensão de querer ser mais do realmente sou.

Apesar de ter muita gente que diz que eu quero ser a sabidona, eu gosto de saber que ainda tenho muita coisa pra aprender, de sentir que ainda não cresci, de não ter a pretensão de ser gente grande, de ter que me comportar como um adultaaaaaa... Eu acho que ja postei muitos sobre essas coisas por aqui né. Mas é que fica todo mundo me enchendo o saco! Sou criança só pq gosto de algod~~ao doce, pq as vezes faço bobeira e canto músicas infantis... e pq dou risada quando não pode... e sorrio de mim mesma e das minhas tolices?? Ahh fala sério!

Ta aí uma coisa que eu não entendo, pq que as pessoas acham que ser adulto é ser sério, é ser rude, é ser infeliz??
Eu acho que muita gente ja percebeu que eu gosto de não ter vergonha de me comportar como criança, de falar bobeira de rir até a barriga doer...e são nesses momentos que eu sinto que tenho muitos e muitos motivos para ser MUITO FELIZ, o importante é ser responsável, sensato, equilibrado, ta aí um bom adulto!
(Por que o Sol saiu...Por que o seu dente caiu... Por que essa flor se abriu... Por que iremos viajar no carnaval!!! ahauauaa")

Mas, falando sério, quem não sente falta de sentar no coloinho da mamãe e do papai??

Quantas vezes nós, nós??? hahaha, quero dizer as pessoas que se consideram adultos, fortes, independentes, quantas vezes precisam de um abraço que não encontra os braços certos, de um colo, de um carinho sicero, de atenção? Isso não faz vergonha não gente!! As vezes tentamos nos mostrar tão forte, que aqueles a quem amamos acham que não precisamos, pior ainda, que não queremos mais aquele colinho gostoso... e para mim nada machuca mais do que ter que explicar a alguém que amo que quero carinho, que preciso de atenção...
E é por isso que eu brinco, e nunca me canso; o meu sorriso eu dou a quem me olhar; Dou vida a criança que existe, e que sempre existirá dentro de mim. E quando fica tudo dificil, tudo ruim?? Eu grito e choro, faço cara feia e caretas, depois eu fico em silêncio, me escondo de todo mundo, pego meu lápis de cor e vou desenhar. Infantil? Não! Pois não há jeito melhor de crescer.

São nesses momentos consigo compreender tudo o que de bom me cerca... que agradeço pelo o que tenho...

Sabe, as vezes penso, que não é a gente que cresce... é que o mundo muda de tamanho e esquece de avisar a gente! hahaha


beijos a quem os mereça!!




***

Um comentário:

Larissa disse...

Q dificil entender o que é crescer...

to ccontigo e não abro!

bj